segunda-feira, 25 de março de 2013

Estudando um pouco de democracia e cidadania na Grécia....

Deveria ser um hábito das pessoas a preocuparem com as coisas públicas. A maioria não está "nem ai" para o que está sendo discutido na câmara municipal de sua cidade ou o que estão fazendo com seu dinheiro no executivo. Talvez ninguém sabe, mas a "o público" é uma extensão da sua casa, de sua vida. A sua felicidade também depende dos espaços e serviços públicos.

Vamos pensar um pouco... na Grécia, todos os cidadãos participavam das assembleias para discutir e votar em soluções para "o público", para os problemas de suas vidas dentro da coletividade. Atualmente não são todos os cidadãos que podem discutir e votar nessas soluções. Somente alguns eleitos por nós, como representantes de nossos interesses, possuem esse privilégio. 

Vamos pensar um pouco...

sexta-feira, 15 de março de 2013

Oboé - instrumento musical. Pra quem não conhece.



segunda-feira, 11 de março de 2013

Um pouca da Câmara Municipal de Muriaé em 2013

    Faço aqui algumas observações fundamentadas na minha opinião como ouvinte na Câmara Municipal de Muriaé nas reuniões de fevereiro e março de 2013.
    Para começar posso dizer: os vereadores estão cheios de vontade de trabalhar... alguns estão ainda aprendendo os enredos da política, mas já, já, sincronizam. Além disso, vejo, de maneira curiosa, uma câmara em que o PMDB, o qual sempre foi oposição, vota com o governo, formando junto com o PSDB, PTB e PP 8 votos, contra 3 de oposição  do PT e do DEM. É esse grupo que oferece governabilidade ao executivo.
    É interessante comentar também que a câmara possui um presidente progressista, e liberal, no tocante ao tempo de voz dos vereadores no parlatório. Porém, é comentarista. Amarra todos os temas e discussões a seu modo.
     Na reunião dessa segunda-feira foram discutidos alguns temas de grande interesse nosso:
     O primeiro, foi a a viabilização da instalação de empresas no distrito industrial da cidade, o qual já possui algumas empresas e alguma infra-estrutura. Todos os vereadores se mostraram a favor dessa linha de pensamento, porém, por enquanto ficou só na discussão.... vamos ver os andamentos.
    Segundo, foi a retomada da discussão sobre a câmara passar a ter 17 cadeiras na próxima legislatura, onde alguns vereadores da oposição se manifestaram a favor e a presidência se manteve contra, e acredito que os governistas o acompanham... as discussões ainda continuarão.
    Terceiro, foi votado hoje, e aprovado por unanimidade, um projeto de lei para ser sancionado, que, entre outras coisas, prevê a redução da carga horária do professor da rede municipal de Muriaé de 20 H/A semanais para 16  H/A semanais.
    Para terminar essa narrativa, não poderia deixar de dizer que está muito cansativo esperar em torno de 1h de atraso para as reuniões começarem. Em todas elas houve isso. O horário marcado de início é as 19h e todos os vereadores chegam até antes disso, porém os governistas se reúnem numa sala interna a portas fechadas enquanto os outros (oposição) ficam esperando do lado de fora, junto com o povo. Tá chato isso. Olhe que nem estou estou comentando do horário de término da reunião, este que extravasa bastante... Mas não estou preocupado com isso, apenas com o início.
    A participação das pessoas da comunidade está muito boa nesse início de mandato, temos que cada vez mais encher a casa do povo de Muriaé. Os vereadores precisam se sentir pressionados sempre a zelar pelo interesse de seus representantes.
    Sem mais.